terça-feira, 21 de novembro de 2017

A Pipoca Mais Doce | E Agora É Que Virei Louca Assumida!

Meus caros, estou tão espantada quanto vocês! Para quem não é a maior fã d'A Pipoca Mais Doce, hoje trago-vos mais um post... sobre um post dela. 


Ainda há pouco tempo vos falei aqui daquilo que gostava e não gostava no blogue da autora Ana Garcia Martins e vai-se a ver e ela volta a surpreender-me pela positiva!

Não creio que seja um assunto tabu (vá, até o é, tenho que ser realista...) mas possivelmente é um assunto que interessa mais ou a quem já passou dos 30 ou a quem já namora há algum tempo ou já vive junto com o/a parceiro/a. "Quantas vezes é que é normal ter sexo? As vezes que nos apetecer" é um dos posts mais cool que li recentemente porque, como a autora já nos habituou, é um texto sem floreados, simples e de fácil compreensão - sim, eu sei assumir que ela escreve para caraças! E é um assunto que é real, pelo menos entre o mulherio.

Não vim aqui dizer que concordo ou discordo com o que ela escreveu porque isso não é o importante aqui mas sim divulgar o seu texto porque acho que merece a pena ser partilhado, divulgado, abrindo e ajudando muitas mentes. E claro, para animar também existe com cada pérola nos comentários que é obra!

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Harry Potter | O Bolo De Aniversário Mais Lindo!

Sou uma sortuda. E tive direito a um jantar com os melhores amigos que alguém pode ter, com o melhor bolo que alguém poderia ver e comer! Quem me segue no Instagram viu que não perdi tempo e mostrei-vos por lá o bolinho mas para quem não segue, não podia de vir aqui e partilhar convosco!


Hoje é dia de regresso ao trabalho, as férias terminaram e foram umas férias cheias de altos e baixos mas o que interessa, no fundo, são as pessoas que se mostram, ano após ano, sempre do meu lado, venha o que vier. E um obrigada a todos os seguidores e leitores por estarem aí desse lado! Boa segunda-feira, boa semana e boas energias para todos! 💗

sábado, 18 de novembro de 2017

Do Meu Dia De Aniversário!

Como partilhei pelo Instagram, [quem ainda não segue pode sempre seguir que eu fico muito feliiiizzz 💗] ainda não era meia-noite e eu já sentia dores por todo o lado e já pressentia que vinha lá doença; no entanto, não deixei o mau estar ganhar e aproveitei o meu dia de anos muito bem, até à última mesmo! [Tão até à última que no dia seguinte de manhã já estava no médico e já ando a antibiótico mas passando à frente...]
Fazer anos a uma quarta-feira significa que as pessoas que estão disponíveis durante o dia têm um número muito reduzido mas as poucas pessoas (que nem foram assim tão poucas pensando bem!) que estiveram comigo fizeram-me rir muito, mimaram-me muito e de nada me posso queixar.

Hoje vai voltar a haver festa porque é ao fim-de-semana que as agendas têm mais probabilidades de estarem livres e por isso logo há jantar com os amigos - os que nos vemos sempre e os que já não é tão comum nos cruzarmos mas o sentimento permanece - porque também faz falta reunir os amigos, valorizar a sua presença nas nossas vidas.

(fotografia no meu dia de anos, que saudável que eu parecia ahahah!)

Bom fim-de-semana para todos!

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

45# Tragam as pipocas, hoje é dia de cinema!

Well, não é novidade nenhuma que sou fã dos filmes da Marvel, se bem que até aos dias de hoje ainda não tive coragem de acabar o Dr. Strange mas...


Hoje falo-vos do Thor - Ragnarok. Neste filme, começo por falar do vilão que neste caso é uma vilã (sim, o Loki ganhou um bocado de descanso no papel de mau da fita) e tão bem interpretada [como já se havia de esperar] por Cate Blanchett, que faz de irmã mais velha de Thor, Hela, que regressa a Asgard a fim de domina-la em absoluto. 


O problema é que Thor, depois de ter visto o seu martelo partido, fica preso noutro planeta onde ninguém o pretende ajudar a sair dali, mesmo ele cruzando-se com um velho amigo, Hulk. 

Parece estranho esta mescla? Não, claro que não; afinal é tudo Marvel (até o Dr. Strange dá um pezinho numa cena). Mas posso dizer que de todos os filmes, este Thor não tem nada a ver com os outros. É colorido, animado (poderei dizer até um bocadinho demais...?), ligeiramente exagerado, ligeiramente pop. Pode, definitivamente, não agradar a todos (o meu próprio namorado ficou um bocado no limbo quando o filme terminou, sem saber se tinha gostado ou se simplesmente não era daquilo que estava à espera). 


Falando na minha pessoa... eu gostei mas fiquei um pouco com a sensação que havia demasiada festa, demasiada animação. E acho que há melhores. Mas para ver com os amigos, para soltar uma gargalhada ou babar um bocado pelos abdominais de Chris Hemsworth, vale a pena!

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Birthday Girl!


Foi há 29 anos atrás que eu vim ao mundo (ia jurar que ainda no outro dia tinha feito 22 aninhos maaassss...) ocupar o lugar de irmã e filha mais nova numa família de cinco. 29 anos de uma jornada que pouco ou nada é comparado com o que ainda há-de vir, se Deus quiser. Bem digna das características do meu signo Escorpião, continuo a ter ar de miúda, mas trago em mim já alguns traços do tempo (poucos, atenção! ahahah) e já alguma sabedoria e sensatez. 

E tudo o que eu sempre quis e quero é SER FELIZ, junto de quem me faz bem!

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Aniversário | O Balanço Dos 28 Anos

Já como aconteceu o ano passado, este ano vou também fazer um balanço dos meus 28 anos. Mas sinceramente faltam-me palavras porque o último ano foi tão intenso que é complicado exprimir-me. MAS vou tentar :)

A nível pessoal os 28 anos foram marcados pelo facto de ter saído de casa (saí antes dos 28 mas por uma questão de dias). Ganhei uma responsabilidade tremenda, vivi novas aventuras domésticas, desesperei e sonhei em muitas ocasiões. 
Aos 28 anos fui a três grandes cidades europeias: pela quarta vez fui a Paris, pela segunda a Londres e pela primeira a Barcelona. De todas as vezes andei por lugares novos, percorri ruas, jardins e monumentos e senti que foi um ano em que enriqueci muito culturalmente.

A nível profissional foi um ano de mudança também. E creio que um bom ano, de crescimento. Fui "obrigada" a sair do centro comercial onde trabalhava para um mais longe, causando-me estragos em termos de tempo, em termos financeiros e em termos pessoais porque foi complicado aceitar esta mudança de inicio mas felizmente consegui canalizar a minha energia para algo positivo e acabei por gostar desta experiência. Acabei por voltar a "casa" mas com muito mais confiança enquanto profissional.

Este também foi um ano em que fiz muitas partilhas pessoais aqui no blogue; consegui a minha primeira parceria e continuei fiel ao meu estilo, aos meus posts, escrevendo sobre tudo e sobre nada, quando e da forma que me apetecesse. No entanto deu para ver com outro tipo de olhos o que se passa na Blogosfera (e Redes Sociais associadas) e não é assim tão bonito como ainda se pode achar. Toda a competição, arrogância, superioridade que se passeia por essa Internet (e vida real) é uma verdade esmagadora.

Claro que não poderia deixar de referir que os meus 28 anos também ficam marcados por ter aumentado mais uma categoria na minha carta de condução e finalmente ter tirado esse "peso" de cima dos ombros, porque tirar a carta de condução na categoria A foi mesmo uma Odisseia, mas da qual eu saí vencedora!
Aos 28 anos fui à Disneyland Paris, lugar de encantar e aos Estúdios do Harry Potter, lugar único de magia. Fui tia pela segunda vez e madrinha pela primeira.

E vivi uma série de coisas, tal como qualquer outra pessoa; passei momentos muito bons e outros menos bons. E assim é a vida e assim é a vida que eu quero para mim. Família e amigos bem perto, amor e amizade à minha volta e força para continuar a lutar por melhorar o que quero ver melhor em mim e ao meu redor.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017